academia apostas

academia apostas – cxne39.com Atualizado diariamente com notícias brasileiras, notícias esportivas, informações sobre cassinos, jogos de azar e dicas para ganhar dinheiro

apostas

Rockáustico, e o que há por trás desse neologismo?

Georgiano de CastroMais MúsicaRockáustico, e o que há por trás desse neologismo?

da allwin: Rockáustico, uma banda de rock alternativo da cena alternativa de Fortaleza demonstra o que se esconde por trás do neologismo do seu nome. Compondo o cast de bandas colaboradoras do coletivo Vai Dar Rock, a banda vem conquistando espaço e reconhecimento na cena.

Compartilhe: 29 de agosto de 2023 Georgiano Castro

da wingdus: O neologismo sempre foi referência na hora de se batizar um banda de rock. Gosto de afirmar que assim como o rock historicamente deu um novo sentido a juventude,  (continua dando, basta ver os jovens de sessenta, setenta e até oitenta anos de hoje em dia), os neologismos dão nomes criativos a bandas desde sempre. Eles foram adotados dentro da cultura rock, de Chuck Berry até a última banda punk do seu bairro. Justamente por isso, hoje apresento a vocês a banda Rockáustico, e o que há por trás desse neologismo.

Rockáustico, banda cearense de rock alternativo.

#georgianodecastro

Uma aglutinação com estrangeirismo junto! Essa foi a solução para batizar a sua banda autoral encontrada por Wagner de Lima e Tony Sales. O estrangeirismo parte pela razão de que rock, assim escrito com K, é uma palavra na língua inglesa, e a aglutinação surge trocando o C de Cáustico, pelo K com som de C, e assim unindo as duas palavras chaves para a identidade da banda.

Rockáustico, além do neologismo, atitude rock.

Depois de um período de ensaios como trio, o quinteto finalmente decola com: Rafael Almeida (bateria), Wagner de Lima (contrabaixo), Jonathan Rogers e Ibraim Herculano (guitarras) e Tony Sales (voz). Tony Sales afirma que: “para ser Rockáustico, o nosso rock tem seu ritmo alternativo e diverso, cáustico para o teor das palavras, que podem esconder em seus frascos tubulares um antídoto para o que está corroído no mundo em que vivemos, ou causar incômodo aos que o corroem”.

Uma banda não nasce do dia para a noite

Essa galera afirma que uma banda não nasce do dia para a noite, muita água rolou e muita história foi escrita antes de surgir a banda com essa identidade. “possuímos vidas anteriores, com distintos nomes e parceiros, os quais deixaram seu legado em algumas das canções”. Afirma Tony Sales, ao mesmo tempo que justifica que a formação que fica, que encara batalhar junta no underground um espaço, essa sim é que fica com o legado que pode ser deixado na experiência de um trabalho autoral.

Rockáustico, banda cearense de rock alternativo.

A Rockáustico compõe o coletivo Vai Dar Rock, que já afirmamos aqui que é um dos mais atuantes da região metropolitana de Fortaleza. Os coletivos, associações e cooperativas são novas estruturas necessárias as comunidades de artistas de rock in roll, dão aos seus membros o conceito necessário de colaboração e visão de classe. Não é porque a maioria das bandas é representada por CNPJs de Micro Empreendedor Individual – MEI – que a individualidade vai tomar conta do fazer dessa galera, pensar coletivamente é extremamente necessário.

Fazer rock é agir

Mais do que qualquer outra coisa fazer rock é agir, não se pode ser uma banda relevante, para uma cena que se propõe vibrante, preso a um só nicho e lugar. A Rockáustico está ciente dessa realidade e procura cada dia mais expandir horizontes. Eles sabem que a tecnologia hoje é um aporte, redes sociais podem conectar você aos quatro cantos do mundo, mas não superam a presença ativa de uma banda em todos os lugares onde ela possa alcançar fisicamente, interagindo como pessoas, essa realidade presencial é sempre necessária.

Então mãos a obra galera! Nossa cidade e sua região metropolitana está viva e cheia de opções baratas onde se pode consumir a cultura viva que o underground proporciona. Pubs, festivais, centro culturais… há toda uma programação esperando o nosso engajamento. Até quando você vai pagar quase um quarto de salário mínimo para ver um artista de trinta anos atrás sem dar oportunidade para o que é novo e próximo? Aí é com vocês, até mais e sigamos atentos e fortes.

A coluna Mais Música sempre trás novidades sobre a cena de música de Fortaleza para você, confira:

NOTÍCIAS DO GCMAIS NO SEU WHATSAPP!

Últimas notícias de Fortaleza, Ceará e Brasil

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp.

TweetRELACIONADASVelhos amigos se reuniram e montaram a banda oLd Friends, destaque da nova cena alencarina do rock. Old Friends: Velhos amigos no RockHá 6 meses